Recent Posts

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Foi degustado o Champagne de 200 anos, mas é interessante bebe lo ou guarda como peça rara de colecionador ?

video

A Champagne encontrada a alguns meses atrás anunciada em diversos noticiários do mundo foi degustada ontem  por alguns privilegiados especialistas no assunto, mas apesar  do primeiro vídeo dizer que o ouro liquido ainda possuía espumatização não é bem o que parece em sua apresentação nas taças, e a cor de  amarelo palha escuro ao âmbar é  de por em dúvidas os aromas descritos pelo especialista, não estou dizendo que seja mentira, mas se você é sommelier assim como eu ou até mesmo um bom enófilo que ama o sangue de Baco e sempre le e se informa das mais diversas e cabíveis formas possíveis, sabe que dificilmente uma bebida viva como é o vinho( no caso o champagne) mesmo que a rolha estiver intacta, ele crescera, evoluirá e sim morrera ali dentro mesmo, então nessa ai vou ter que bancar o São Tomé mesmo sabendo de todas as variantes de nosso precioso vinho.
video
As garrafas encontradas, a principio dadas como sendo provenientes da cave Veuve Clicquot e logo em seguida negadas pela mesma, voltou atrás e assumiu em um comunicado que 3 ou 4 destas garrafas são mesmo  de suas caves.


Lembrando que foram encontradas  168 garrafas
Veja os vídeos e comente também  suas avaliações visuais, por que a  olfativa e gustativa estando, decrepitas, oxidadas ou bouchonés será um pouco $$$$alagada!!!
Um Grande abraço a todos,Sommelier Daniel Santos.

Vinho brasileiro é tema de mesa-redonda no Circuito Rio Show de Gastronomia 2010

Ibravin e seis vinícolas brasileiras estarão presentes no maior evento gastronômico do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (19) para abordar a qualidade crescente dos produtos verde-amarelos.
A qualidade do vinho brasileiro será destaque no maior evento gastronômico do Rio de Janeiro. O Circuito Rio Show de Gastronomia 2010, que acontece abre nesta sexta-feira (19) e segue até domingo (21), no Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo, terá uma mesa-redonda chamada “Viva o vinho brasileiro”, com degustação conduzida pela sommelier Deise Novakoski, colunista do Jornal O Globo, e pela jornalista Luciana Fróes, editora de Gastronomia do principal diário carioca.

A convite de O Globo, participam do evento, nesta sexta-feira (19), das 20h30 às 21h30, o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e seis vinícolas brasileiras – Casa Valduga, Dal Pizzol, Lidio Carraro, Miolo, Pizzato e Salton. O bate-papo acontecerá em meio a uma degustação de alguns dos melhores rótulos das vinícolas brasileiras. Serão servidos o Dal Pizzol Touriga Nacional, o Salton Talento, o Quinta do Seival Castas Portuguesas (Miolo), o Villa-Lobos Gran Reserva Cabernet Sauvignon (Casa Valduga), o Pizzato DNA 99 e o Lidio Carraro Quorum Grande Vindima.

As vagas para 200 participantes se esgotaram duas horas após a abertura das inscrições. “Isso demonstra o interesse crescente pelo vinho brasileiro”, comenta o gerente de Promoção e Marketing do Ibravin, Diego Bertolini.

Conforme Deise Novakoski, a ideia do encontro é abordar a evolução do vinho brasileiro, do discurso à prática, enfocando a qualidade dos rótulos elaborados pelas vinícolas participantes, que representarão a diversidade vitivinícola nacional. Os produtores, que são atores ativos desta história, é quem irão contar suas experiências. “E o público terá a oportunidade única de ter o discurso confrontado com a prática, ou seja, degustando os seus produtos”, diz ela.


ASSESSORIA DE IMPRENSA
logo_ibravin
OAJ Comunicação & Marketing
>>>Orestes de Andrade Jr. 
(+55 51 9950.7001 | Telefone novo
(+55 51 3022.8901 
*imprensa@ibravin.org.br
www.ibravin.org.br 
 
P Before printing this messagethink about your ecologic responsability.
Antes de imprimir, pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE 

Áthila Roos Sommelier paranaense (conterrâneo) radicado em Londres visita vinícolas gaúchas

O paraense Áthila Roos veio em busca de vinhos raros e diferenciados para o restaurante River, do Hotel Savoy, conhecido como “o hotel das estrelas e da família real britânica”.
sommelier brasileiro Áthila Roos está cumprindo à risca a promessa de estabelecer uma ponte entre os produtores brasileiros e o mercado britânico feita durante a London Wine Fair (Feira Internacional de Vinhos de Londres), em maio deste ano, a Andreia Gentilini Milan, gerente de Promoção Comercial do Wines of Brasil, projeto desenvolvido em parceria pelo Ibravin e pela Apex-Brasil. Ele acaba de visitar sete vinícolas gaúchas, em busca de novidades para levar aos melhores restaurantes e hotéis londrinos. De 18 a 20 de outubro, o sommelier brasileiro com sotaque britânico esteve nas instalações das vinícolas Aurora, Casa Valduga, Geisse, Lidio Carraro, Miolo, Pizzato e Salton.

Áthila Roos veio ao Brasil procurar vinhos raros e diferenciados para incluir na carta do restaurante River, do Hotel Savoy, frequentado por empresários e artistas britânicos e pela família real. Contratado há pouco tempo como sommelier chefe do restaurante, ele pretende incluir os rótulos brasileiros em uma das mais desejadas cartas de vinhos de Londres. “Miolo e Lidio Carraro devem ser as primeiras vinícolas a encher as taças dos clientes do River”, adianta.

“Um dos sommeliers mais respeitados em Londres, Ross está apostando nos vinhos brasileiros como  diferencial nas cartas de vinhos montadas para vários restaurantes de primeira linha”, observa Andreia Gentilini Milan. “E também está nos ajudando a identificar os melhores pontos de vendas para o vinho brasileiro em Londres”, informa.

O trabalho faz parte da estratégia do projeto Wines of Brasil de se aproximar dos principais sommeliers dos oito países-alvo das ações de promoção das exportações dos vinhos brasileiros – Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Hong Kong, Países Baixos, Polônia, Reino Unido e Suécia.

Parceria

Paraense de Belém do Pará, Ross saiu do Brasil há cinco anos para tentar a vida em Londres. O começo foi difícil, como recepcionista de hotel. A paixão pelo vinho – além de muito estudo, trabalho e sorte – lhe trouxe o reconhecimento atual. Por acaso, ficou responsável por uma estante de vinhos de uma loja de conveniência na capital britânica. “Foi um grande aprendizado, pois eu passava o dia decifrando os rótulos e conhecendo as variedades de uva de cada país”, recorda.

Depois disso, foi vendedor da importadora de vinhos Bibendum, uma das principais da Inglaterra, conquistando o cargo gerente do clube de degustação da empresa. Na Bibendum, teve o primeiro contato com os vinhos brasileiros E foi responsável pela negociação dos vinhos Miolo com o mercado inglês.

Mais tarde se tornou sommelier de dois dos principais restaurantes japoneses contemporâneos de Londres – o Roka e o Zuma, freqüentados por celebridades. Em visita ao estande coletivo do Wines of Brasil na London Wine Fair, de 18 a 20 de maio deste ano, escolheu vinhos da Lidio Carraro Vinícola Boutique para incluir na carta do Roka e do Zuma.


ASSESSORIA DE IMPRENSA
logo_ibravin

OAJ Comunicação & Marketing
>>>Orestes de Andrade Jr. 
(+55 51 9950.7001 | Telefone novo(+55 51 3022.8901 
*imprensa@ibravin.org.br
www.ibravin.org.br 
 

Colunista e editor de vinhos da Inglaterra elogia os espumantes da Vinícola Aurora


jornalista britânico Jonathan Ray, editor e colunista de vinhos de várias publicações na Inglaterra, visitou a Vinícola Aurora, em Bento Gonçalves (RS), e degustou toda a linha de espumantes da maior vinícola brasileira. Autor de diversos livros sobre vinhos, entre eles o "Tudo Sobre Vinhos" e o recente “Como Comprar Vinhos", Ray fez elogios entusiasmados aos espumantes da Aurora. Em mensagem enviada logo após sua visita, Ray comentou: "A Aurora é enorme! Os espumantes são excelentes, desde o Brut até o Prosecco... Eu gostei até mesmo do espumante moscatel deles. Pronunciadamente charmoso!", diz o colunista referindo-se aos espumantes Aurora Brut ChardonnayAurora Brut Pinot Noir (vinificado em branco), Aurora Prosecco e Aurora Moscatel.

Na mesma mensagem, Ray posicionou-se também quanto ao futuro da Aurora. "Eu espero que eles continuem muito bem e acredito que eles estão certos em construir uma nova vinícola para a produção de espumantes no método tradicional", referindo-se ao projeto de construção de uma cave para elaboração exclusiva de espumantes pelo método champenoise em Pinto Bandeira, na área do Centro Tecnológico de Vitivinicultura da Aurora. 

Jonathan Ray é editor de vinhos do Daily Telegraph (onde tem uma coluna semanal), colunista de vinhos da Revista The Field Magazine e co-editor fundador da SpectatorScoff! É também colaborador frequente da revista Wine Spectator, do jornal The Guardian, da revista Sunday e Imbibe, entre outras.

Cooperativa Vinícola Aurora
Visite o sitewww.vinicolaaurora.com.br  
SAC:  0800 701 4555
Matriz Bento Gonçalves (RS): (54) 3455-2000
Filial São Paulo: (11) 3051-6124
Escritórios e representantes em todo o território nacional



Mais informações à imprensa e fotos em alta resolução dos produtos:

Débora Ribeiro - jornalista responsável - debora.eco@uol.com.br
ECO de Informação - assessoria e projetos em comunicação
Fone: (11) 3083-2907 / 2628-0910 / 2628-0907
Norma Ramos - atendimento e produção: norma.eco@uol.com.br
Fernanda Barros – secretária da redação: eco.informacao@uol.com.br